[ editar artigo]

Propósito de vida é vital para iniciar um plano B

Propósito de vida é vital para iniciar um plano B

Mais do que nunca no mundo corporativo de hoje em dia, onde a concorrência é avassaladora, a pressão por resultados é cada vez mais forte, quem está dentro precisa ter um planejamento sério e robusto para sua vida como um todo, já não basta mais um plano de carreira.

A sua carreira profissional deve estar inserida dentro de um plano maior que envolva outras áreas, e não ser o objetivo final a se buscar.

Como falamos no último post, não podemos colocar todos os ovos em uma única cesta, precisamos ter mais de uma cesta.

É muito importante que se tenha um plano B, mas para ter essa segunda renda, é preciso muita determinação, foco para não atrapalhar seu trabalho que é o plano A atual, e também não atrapalhar outras áreas da vida.

Profissionalmente falando, é preciso manter um desenvolvimento contínuo nas duas esferas, você precisa continuar sendo interessante para a empresa através de resultados positivos, aprimorando seus pontos fortes e em paralelo melhorar seus talentos natos que serão a base do plano B à medida que você vai estruturando, testando, validando seu negócio.

Em muitos casos estamos falando de pessoas casadas, com filhos, cuja rotina do dia a dia já é mais desafiadora, então a pessoa sai do serviço muito cansada, e dependendo da profissão sai esgotada, e precisa achar força para avançar nesse plano B, mais um motivo para que seja uma atividade que ela goste muito, que se sinta realizada ao fazer, pois tem que ter prazer para se sentir motivado mesmo estando cansado.

O processo de criação é passo a passo, vá avançando um pouquinho por dia, quando você menos esperar, estará rodando e te trazendo os primeiros resultados.

O melhor momento para fazer um plano B é enquanto se está empregado, pois você não depende do resultado para sobreviver, então é possível estruturar bem certinho, testar e validar sem aquela pressão de ter que sobrar dinheiro para a sobrevivência.

Se a ideia é criar um plano B fazendo o que se gosta, automaticamente as pessoas deveriam estar pesquisando sobre propósito de vida.

Mas dados recentes mostram que das pesquisas sobre a palavra propósito realizadas ao longo desse ano nos canais de busca, apenas 2,6% são referentes à pessoas com idade entre 45 e 54 anos ,ou seja, as pessoas dessa faixa etária não estão tendo o entendimento dessa importância, e dependendo da atividade do profissional, com essa idade a recolocação vai ficando mais difícil.  

Fica a dica, esta pensando em iniciar um plano B? Comece a pesquisar e tentar descobrir o seu propósito de vida pois isso será a base de tudo.

Luiz Roberto Krueger

Vivendo de Conhecimento
Ler conteúdo completo
Indicados para você